Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009
publicado por JN em 11/12/09

Chama-lhe “um público apetecível”, e as razões porque lho chamam são várias. Os adolescentes, segmento ao qual se dedicam estes novos Panda Biggs (estreou dia 1, na Zon) e SIC K (estreia dia 18, no Meo), são apetecíveis porque influenciam a forma como o orçamento familiar é gerido, manietando as escolhas de supermercado e exigindo uma miríade de gadgets caros – e isso é tão importante para os anunciantes como para um canal que viva deles. Mas são apetecíveis também porque representam um público caprichoso e imprevisível, obrigando a uma gestão ágil da programação – e isso é tão estimulante para um programador como para quem gosta de televisão e do que ela representa enquanto espelho de uma sociedade.


Antigamente, e quando nos cruzávamos com uma família militantemente sem TV em casa, olhávamos para os adolescentes e suspirávamos: “Coitados. Do que conversarão com os amigos, na escola?” Hoje, com os novos canais de comunicação, esse problema já não se põe. As opções são tantas que não há dois miúdos a ver a mesma coisa – e, no entanto, as relações sociais deles aí continuam, pujantes e obsessivas como sempre. Explicação: hoje já não é a televisão a rebocá-los, são eles a rebocá-la a ela. Portanto, também já não é a televisão a marcar as tendências deles, mas eles a marcar as tendências dela – e aos programadores mais não resta do que tentarem orientar-se no meio desse caos. Vai ser interessante assistir à sua odisseia semanal. Que comecem as hostilidades.


CRÓNICA DE TV ("Crónica TV"). Diário de Notícias, 12 de Dezembro de 2009

Joel Neto


Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974, e vive entre o coração de Lisboa e a freguesia rural da Terra Chã, na ilha Terceira. Publicou, entre outros, “O Terceiro Servo” (romance, 2000), “O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002) e “Banda Sonora Para Um Regresso a Casa” (crónicas, 2011). Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil, para além de Portugal. Jornalista de origem, trabalhou na imprensa, na televisão e na rádio, como repórter, editor, autor de conteúdos e apresentador. Hoje, dedica-se sobretudo à crónica e ao comentário, que desenvolve a par da escrita de ficção. O seu novo romance, “Os Sítios Sem Resposta”, sai em Abril de 2012, com chancela da Porto Editora. (saber mais)
pesquisar neste blog
 
arquivos
livros de ficção

"Os Sítios Sem Resposta",
ROMANCE,
Porto Editora,
2012
Saber mais


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas",
CONTOS,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui


"O Terceiro Servo"
ROMANCE,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui
outros livros

Bíblia do Golfe
DIVULGAÇÃO,
Prime Books
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Banda Sonora Para
Um Regresso a Casa
CRÓNICAS,
Porto Editora,
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Crónica de Ouro
do Futebol Português",
OBRA COLECTIVA,
Círculo de Leitores,
2008
Saber mais
Comprar aqui


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)",
CRÓNICAS,
Esfera dos Livros,
2007
Saber mais
Comprar aqui


"José Mourinho, O Vencedor",
BIOGRAFIA,
Publicações Dom Quixote,
2004
Saber mais
Comprar aqui


"Al-Jazeera, Meu Amor",
CRÓNICAS,
Editorial Prefácio
2003
Saber mais
Comprar aqui