Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009
publicado por JN em 2/11/09

Não se deve tomar por absolutos os estudos de audiências. São feitos por estimativa, claro – e, para além disso, há vários tipos de consumo (TV gravada, TV via YouTube, etc) que simplesmente não são auditados. Da mesma forma, não se deve tomar por absolutos os números de clientes apresentados por cada distribuidor. Todos os dias há gente que pirateia televisão e gente que deixa de pagar a conta – os dados existentes são, no fundo, meros indicadores.


Mas há um ponderação interessante a fazer entre dois números divulgados nos últimos dias. O primeiro está no relatório da Anacom relativo aos três primeiros trimestres de 2009, em que se denuncia a existência de 47 mil novos consumidores de TV por subscrição. O segundo está entre os dados da Marktest relativos ao consumo de televisão, ao longo do mês de Outubro, entre os clientes desse sector: menos 0,6% de espectadores (ou seja, cerca de 60 mil) na comparação com Setembro.

A contradição parece simples flutuação de contingência, mas é talvez mais do que isso. Na verdade, quanto mais clientes de TV por subscrição houver, menos televisão se verá. O consumidor torna-se muito mais selectivo, vendo apenas o que quer (e não a emissão em contínuo) – e recorrendo até, às vezes, a expedientes que escapam à audiometria existente. E esta não é apenas uma realidade a que os medidores terão de adaptar-se: é uma realidade a que os próprios canais não poderão ficar indiferentes. Até para proteger os seus anunciantes.


CRÓNICA DE TV ("Crónica TV"). Diário de Notícias, 2 de Novembro de 2009

Joel Neto


Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974, e vive entre o coração de Lisboa e a freguesia rural da Terra Chã, na ilha Terceira. Publicou, entre outros, “O Terceiro Servo” (romance, 2000), “O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002) e “Banda Sonora Para Um Regresso a Casa” (crónicas, 2011). Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil, para além de Portugal. Jornalista de origem, trabalhou na imprensa, na televisão e na rádio, como repórter, editor, autor de conteúdos e apresentador. Hoje, dedica-se sobretudo à crónica e ao comentário, que desenvolve a par da escrita de ficção. O seu novo romance, “Os Sítios Sem Resposta”, sai em Abril de 2012, com chancela da Porto Editora. (saber mais)
pesquisar neste blog
 
arquivos
livros de ficção

"Os Sítios Sem Resposta",
ROMANCE,
Porto Editora,
2012
Saber mais


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas",
CONTOS,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui


"O Terceiro Servo"
ROMANCE,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui
outros livros

Bíblia do Golfe
DIVULGAÇÃO,
Prime Books
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Banda Sonora Para
Um Regresso a Casa
CRÓNICAS,
Porto Editora,
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Crónica de Ouro
do Futebol Português",
OBRA COLECTIVA,
Círculo de Leitores,
2008
Saber mais
Comprar aqui


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)",
CRÓNICAS,
Esfera dos Livros,
2007
Saber mais
Comprar aqui


"José Mourinho, O Vencedor",
BIOGRAFIA,
Publicações Dom Quixote,
2004
Saber mais
Comprar aqui


"Al-Jazeera, Meu Amor",
CRÓNICAS,
Editorial Prefácio
2003
Saber mais
Comprar aqui