Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009
publicado por JN em 23/10/09

“Mas é agora que eu vou construir/ Mais, para chegar mais longe/ P’ra lá do horizonte/ Para além de te poder sentir”, diz uma estrofe. É o primeiro single do disco de estreia de José Carlos Pereira, actor da nossa indústria de telenovelas – e o mínimo que se pode dizer é que se trata de um cantor que nasce e já vem crescido. Crescido, pelo menos, no contexto de outros jovens cantores lusos de sucesso, como João Pedro Pais ou André Sardet (de resto, e sem surpresa, os seus padrinhos na aventura).


O disco chama-se Azul e o single M’Água. Não vale a pena deixarmo-nos iludir pelo arranque à Jack Johnson, com a viola esgarçada em tom funky: tudo não passará, enfim, de mais do mesmo na actual música FM portuguesa. A letra assenta no velho truque de colocar os verbos no fim, para garantir a rima; os arranjos forçam a correspondência esquemática entre frases musicais e textuais – e, naturalmente, não há melodia que resista a isto tudo. Mas pior do que Pais e Sardet, de facto, não é.

Vai vender. José Carlos é actor, é médico, é bonito, é namorado de Mafalda Pinto – já tem toda a imprensa do coração à perna com o disco. Para baixar um pouco as expectativas, foi avisando: trata-se de uma obra “mais situacional”, não “emocional”. Decididamente, tenho de ouvir mais. Quem me garante que não é desta que encontro enfim um autor cujo primeiro single é pouco melhor (se o é) do que Eu Tenho Dois Amores, mas que ao segundo já ultrapassa La Bohème?


CRÓNICA DE TV ("Crónica TV"). Diário de Notícias, 23 de Outubro de 2009

Joel Neto


Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974, e vive entre o coração de Lisboa e a freguesia rural da Terra Chã, na ilha Terceira. Publicou, entre outros, “O Terceiro Servo” (romance, 2000), “O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002) e “Banda Sonora Para Um Regresso a Casa” (crónicas, 2011). Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil, para além de Portugal. Jornalista de origem, trabalhou na imprensa, na televisão e na rádio, como repórter, editor, autor de conteúdos e apresentador. Hoje, dedica-se sobretudo à crónica e ao comentário, que desenvolve a par da escrita de ficção. O seu novo romance, “Os Sítios Sem Resposta”, sai em Abril de 2012, com chancela da Porto Editora. (saber mais)
pesquisar neste blog
 
arquivos
livros de ficção

"Os Sítios Sem Resposta",
ROMANCE,
Porto Editora,
2012
Saber mais


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas",
CONTOS,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui


"O Terceiro Servo"
ROMANCE,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui
outros livros

Bíblia do Golfe
DIVULGAÇÃO,
Prime Books
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Banda Sonora Para
Um Regresso a Casa
CRÓNICAS,
Porto Editora,
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Crónica de Ouro
do Futebol Português",
OBRA COLECTIVA,
Círculo de Leitores,
2008
Saber mais
Comprar aqui


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)",
CRÓNICAS,
Esfera dos Livros,
2007
Saber mais
Comprar aqui


"José Mourinho, O Vencedor",
BIOGRAFIA,
Publicações Dom Quixote,
2004
Saber mais
Comprar aqui


"Al-Jazeera, Meu Amor",
CRÓNICAS,
Editorial Prefácio
2003
Saber mais
Comprar aqui