Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009
publicado por JN em 16/9/09

A avaliar pela primeira edição (escrevo antes da segunda), Gato Fedorento-Esmiúça Os Sufrágios, que arrancou segunda-feira na SIC, é um bom programa de televisão. A questão é que podia ser excelente. E, se não o é, a responsabilidade, para já, cabe a Ricardo Araújo Pereira, o primeiro apresentador.

Se fazer televisão exige uma boa dose de irresponsabilidade, fazer televisão em directo (ou live on tape) exige duas. Ora, Ricardo não tem essa ferramenta. É demasiado inteligente e tem uma agenda demasiado ambiciosa para isso: para correr de peito aberto o risco de dizer uma asneira no meio de uma série de tiradas brilhantes.

Portanto, concentra-se no guião. E a questão é que, quando se cola um programa de TV ao modelo Daily Show, é essencial que o pivô seja, como Jon Stewart é, capaz de rasgar em direcções inusitadas, correndo o risco de uma má piada (mas ousando tentar a boa).

O primeiro Gato Fedorento-Esmiúça Os Sufrágios foi um quase-quase. Era o programa de estreia – e até o nosso “quarteto fantástico” tem direito ao nervoso da estreia. Mas foi José Sócrates quem, muitíssimo bem “briefado” sobre o que devia esperar e como podia dominar o programa, mais brilhou.

Veremos como correm as próximas edições. Para já, Esmiúça parece uma bela oportunidade para os restantes três elementos do grupo (que apresentarão o programa cada um durante uma semana) recuperarem algum do protagonismo perdido para Ricardo. É a equipa que ganha com isso.


CRÍTICA DE TV ("Crónica TV"). Diário de Notícias, 16 de Setembro de 2009

Joel Neto


Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974, e vive entre o coração de Lisboa e a freguesia rural da Terra Chã, na ilha Terceira. Publicou, entre outros, “O Terceiro Servo” (romance, 2000), “O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002) e “Banda Sonora Para Um Regresso a Casa” (crónicas, 2011). Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil, para além de Portugal. Jornalista de origem, trabalhou na imprensa, na televisão e na rádio, como repórter, editor, autor de conteúdos e apresentador. Hoje, dedica-se sobretudo à crónica e ao comentário, que desenvolve a par da escrita de ficção. O seu novo romance, “Os Sítios Sem Resposta”, sai em Abril de 2012, com chancela da Porto Editora. (saber mais)
pesquisar neste blog
 
arquivos
livros de ficção

"Os Sítios Sem Resposta",
ROMANCE,
Porto Editora,
2012
Saber mais


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas",
CONTOS,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui


"O Terceiro Servo"
ROMANCE,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui
outros livros

Bíblia do Golfe
DIVULGAÇÃO,
Prime Books
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Banda Sonora Para
Um Regresso a Casa
CRÓNICAS,
Porto Editora,
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Crónica de Ouro
do Futebol Português",
OBRA COLECTIVA,
Círculo de Leitores,
2008
Saber mais
Comprar aqui


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)",
CRÓNICAS,
Esfera dos Livros,
2007
Saber mais
Comprar aqui


"José Mourinho, O Vencedor",
BIOGRAFIA,
Publicações Dom Quixote,
2004
Saber mais
Comprar aqui


"Al-Jazeera, Meu Amor",
CRÓNICAS,
Editorial Prefácio
2003
Saber mais
Comprar aqui