Domingo, 11 de Outubro de 2009
publicado por JN em 11/10/09

Pádraig Harrington, actual 21º classificado na Race to Dubai, procura garantir na Europa aquilo que não conseguiu na América. Rory McIlroy, líder do ranking europeu depois do terceiro lugar no Dunhill Links Championship da semana passada, quer defender o seu comando. Retief Goosen, o bi-campeão do US Open, regressa às competições individuais, depois da participação em mais uma edição da President’s Cup (que hoje mesmo se conclui, em São Francisco). Ben Curtis, campeão do British Open e um dos jogadores mais em foco em 2008, tenta esquecer o facto de ter sido deixado de fora da edição deste ano dessa mítica prova entre os EUA e o Resto do Mundo. Robert Karlsson, saído finalmente de uma longa ausência por motivos físicos, volta a um lugar onde já foi feliz, tendo praticamente confirmado ali a vitória na última Ordem de Mérito Europeia. E Álvaro Quiros, o simpático e ambicioso espanhol que no ano passado encantou a Europa a partir de Vilamoura, conquistando então o maior prize money da sua carreira, quer agora ser o primeiro jogador a vencer o torneio português duas vezes seguidas.


O Portugal Masters está de volta – e, aparentemente, melhor do que nunca. O PGA Grand Slam of Golf privou-nos este ano de Ángel Cabrera, que vai à Bermuda com o casaco verde conquistado no The Masters, mas libertou Pádraig Harrington, que há dois anos consecutivos ficava retido nessa mesma competição. Entretanto, várias outras grandes estrelas mundiais acabam por juntar-se ao irlandês em Vilamoura. Ao todo, estarão no Oceânico Victoria 16 jogadores classificados nos 50 primeiros lugares do ranking mundial (eram 15, mas a vitória no Dunhill Links catapultou Simon Dyson para essa elite). Lee Westwood, Ross Fisher, Soren Kjeldsen, Miguel Angel Jiménez, Gonzalo Fdez-Castaño, Jeev Milkha Singh, Oliver Wilson, Graeme McDowell, Søren Hansen – não falta quase ninguém entre os jogadores em boas condições físicas, em posição de disputar a Race To Dubai 2009 (de que falta realizar apenas mais cinco torneios) e sem lugar no PGA Grand Slam Of Golf.

É, de longe, o melhor field alguma vez reunido em Portugal para um torneio de golfe. Os nomes são de tal ordem que jogadores como Colin Montgomerie (capitão da selecção europeia para a próxima Ryder Cup), Michael Campbell (primeiro classificado do US Open 2005), Thomas Björn (uma das grandes referências do golfe europeu dos últimos 15 anos), Paul Broadhurst (várias vezes campeão em Portugal), Steve Webster (vencedor da primeira edição do torneio, em 2007) ou Shane Lowry (o amador que triunfou de forma sensacional no Irish Open deste ano), entre tantos outros, passam quase despercebidos numa primeira leitura. Estão representadas dezenas de nacionalidades – e várias das actuais “casas” do golfe marcam presença com diversos jogadores, como são os casos da Austrália, da África do Sul, da Argentina, da Índia e, até, dos Estados Unidos. Inevitavelmente, e reduzidos (à excepção de José-Filipe Lima) à candidatura a um convite dos patrocinadores, muitos portugueses interessados em jogar acabaram por ficar de fora. No field ficam apenas o referido Lima, mais António Sobrinho (melhor classificado da edição do ano passado), Ricardo Santos e Nuno Campino, para além dos jovens amadores José Maria Jóia e Tiago Rodrigues.

O evento começa esta quarta-feira, com a realização do habitual Pro-Am, encerrando apenas na segunda-feira da próxima semana, com o também já habitual Pro-Press. Pelo meio, serão cinco dias da mais intensa competição, que de resto a SporTV volta a cobrir ao pormenor (ver quadro). Em jogo estarão três milhões de euros em prize money – e, paralelamente, muitos pontos para a Race To Dubai.


 


 


OCEÂNICO VICTÓRIA GOLF COURSE


Foi palco da Taça do Mundo de 2005 e das duas primeiras edição do Portugal Masters, em 2007 e 2008. Desenhado pelo norte-americano Arnold Palmer, é já considerado a principal jóia dos campos de Vilamoura. Esta semana, estará outra vez na ribalta.


Arquitecto: Arnold Palmer

Inauguração: 2004


SCORE CARD


BURACO PAR DISTÂNCIA

1 4 408

2 4 327

3 5 517

4 4 372

5 5 529

6 3 199

7 4 417

8 3 154

9 4 404

FRONT NINE 36 3327

10 4 371

11 4 352

12 5 500

13 3 183

14 4 388

15 4 288

16 3 190

17 5 538

18 4 423

BACK NINE 36 3233


TOTAL 72 6560


 


 


TRANSMISSÕES SPORTV


A estação voltam a transmitir em directo o torneio de Vilamoura, que se dividirá entre os três canais regulares e a SporTV HD. Os comentários cabem os habituais comentaristas da casa. Menos Nuno Campino, que estará em campo...


DIA HORÁRIO

Quinta, dia 15 15.00-18.00

Sexta, dia 16 15.00-18.00

Sábado, dia 17 14.00-18.00

Domingo, dia 18 14.00-18.00


 


RACE TO DUBAI AO RUBRO


O terceiro lugar no Dunhil Links Championship catapultou Rory McIlroy para o topo da nova ordem de mérito europeia. A cinco torneios da conclusão do campeonato anual, seis dos dez primeiros da classificação estarão em Vilamoura


POSIÇÃO JOGADOR PAÍS PRIZE MONEY

1º Rory MCILROY Irlanda do Norte €2.008.567

2º Martin KAYMER Alemanha €1.982.055

3º Paul CASEY Inglaterra €1.965.150

4º Lee WESTWOOD Inglaterra €1.684.452

5º Geoff OGILVY Austrália €1.606.805

6º Ross FISHER Inglaterra €1.524.347

7º Angel CABRERA Argentina €1.385.499

8º Oliver WILSON Inglaterra €1.217.865

9º Søren KJELDSEN Dinamarca €1.232.109

10º Gonzalo FDEZ-CASTAÑO Espanha €1.130.735


 


FILIPE LIMA: A ESPERANÇA  RENOVA-SE


Foi a sua quinta vitória como profissional, terceira nos circuitos europeus e segunda no Challenge Tour. Cinco anos depois dos triunfos no Segura Viudas Challenge de España (Challenge) e no Aa St Omer Open (Challenge e European Tour), Filipe Lima voltou na semana passada à glória, vencendo o ECCO Tour Championship, disputado no Holsterbo GK, na Dinamarca. Com isso, garantiu em definitivo o cartão do European Tour para 2010 (havia-o perdido no final do ano passado) e, ao mesmo tempo, o privilégio de disputar a principal prova do calendário português sem qualquer pressão quanto ao ano seguinte. “Este triunfo dá-me muita confiança, não só para o resto da época, como para a próxima. Espero jogar bem no Portugal Masters e terminar o ano em alta”, comentou o jogador, no final. “Agora, com a garantia de que salvei o cartão para 2010, vou a Portugal para estar com os restantes jogadores, divertir-me e, pelo meio, tentar jogar bem, mas sem ansiedades”, acrescentou. Lima foi, em 2008, um dos seis portugueses a falhar o cut, que apenas António Sobrinho conseguiu passar. Mas volta a ser a maior esperança lusa para este ano – e, desta vez, parece em forma.


 


UM FIELD PARA RECORDAR


Mais de 150 jogadores dos quarto cantos do mundo, incluindo 16 do top 50 mundial. É o melhor field alguma vez reunido em Portugal para um torneio de golfe. Que mais se podia pedir?


JOGADORES DO TOP 50 DO RANKING MUNDIAL


Padraig HARRINGTON Irlanda

Lee WESTWOOD Inglaterra

Retief GOOSEN África do Sul

Robert KARLSSON Suécia

Rory MCILROY Irlanda do Norte

Ross FISHER Inglaterra

Søren KJELDSEN Dinamarca

Ben CURTIS EUA

Miguel Angel JIMÉNEZ Espanha

Alvaro QUIROS Espanha

Gonzalo FDEZ-CASTAÑO Espanha

Jeev Milkha SINGH Índia

Oliver WILSON Inglaterra

Graeme MCDOWELL Irlanda do Norte

Søren HANSEN Dinamarca


 


VENCEDORES DE MAJORS E DA ORDEM DE MÉRITO EUROPEIA


Paul LAWRIE Escócia

Justin ROSE Inglaterra

Colin MONTGOMERIE Escócia

Michael CAMPBELL Nova Zelândia


 


VENCEDORES DO TPC OF EUROPE, DO VOLVO MASTERS E DO DUBAI WORLD CHAMPIONSHIP


Anders HANSEN Dinamarca

David HOWELL Inglaterra

Scott DRUMMOND Escócia

Niclas FASTH Suécia

Stephen DODD País de Gales

Kenneth FERRIE Inglaterra

Paul MCGINLEY Irlanda


 


VENCEDORES DE TORNEIOS DO WORLD GOLF CHAMPIONSHIPS, DO OPEN DA EUROPA E DOS OPENS DE FRANÇA E DA ESCÓCIA


Christian CÉVAËR França


 


VENCEDORES DE TORNEIOS A CONTAR PARA A ORDEM DE MÉRITO EUROPEIA


Richard FINCH Inglaterra

John BICKERTON Inglaterra

James KINGSTON África do Sul

Richard STERNE África do Sul

SSP CHOWRASIA Índia

Felipe AGUILAR Chile

Mark BROWN Nova Zelândia

Alastair FORSYTH Escócia

Thomas LEVET França

Grégory BOURDY França

Damien MCGRANE Irlanda

Darren CLARKE Irlanda do Norte

Peter LAWRIE Irlanda

Hennie OTTO África do Sul

Pablo LARRAZÁBAL Espanha

Mikael LUNDBERG Suécia

Peter HANSON Suécia

Grégory HAVRET França

Jean-François LUCQUIN França

Charl SCHWARTZEL África do Sul

José Manuel LARA Espanha

Peter HEDBLOM Suécia

Mikko ILONEN Finlândia

Anton HAIG África do Sul

Chapchai NIRAT Tailândia

Daniel VANCSIK Argentina

Pablo MARTIN Espanha

Raphaël JACQUELIN França

Graeme STORM Inglaterra

Marc WARREN Escócia

Brett RUMFORD Austrália

Nick DOUGHERTY Inglaterra

Mads VIBE-HASTRUP Dinamarca

Steve WEBSTER Inglaterra

Thongchai JAIDEE Tailândia

Shane LOWRY Irlanda

Jeppe HULDAHL Dinammarca

Oskar HENNINGSSON Suécia

Simon DYSON Inglaterra

Alexander NOREN Suécia


 


VENCEDORES DE TORNEIOS DUAL RANKING EUROPEAN/CHALLENGE TOUR E DE TORNEIOS DA CATEGORIA R2D


Tano GOYA Argentina

Michael HOEY Irlanda do Norte

Ricardo GONZALEZ Argentina

Christian NILSSON Suécia

David DIXON Inglaterra

Rafael CABRERA-BELLO Espanha


 


CONVITES DOS PATROCINADORES


Shaun MICHEEL EUA

José-Filipe LIMA Portugal

Ricardo SANTOS Portugal

António SOBRINHO Portugal

Nuno CAMPINO Portugal


 


JOGADORES ATÉ À 118ª POSIÇÃO NA ORDEM DE MÉRITO EUROPEIA 2008


Anthony WALL Inglaterra

Francesco MOLINARI Itália

David LYNN Inglaterra

Oliver FISHER Inglaterra

Robert-Jan DERKSEN Holanda

Ignacio GARRIDO Espanha

Louis OOSTHUIZEN África do Sul

Gary ORR Helensburgh Escócia

Johan EDFORS Suécia

Maarten LAFEBER Holanda

Jyoti RANDHAWA Índia

Ross McGOWAN Inglaterra

Robert DINWIDDIE Inglaterra

Martin ERLANDSSON Suécia

Bradley DREDGE País de Gales

Andrew MCLARDY África do Sul

Magnus A CARLSSON Suécia

Jarmo SANDELIN Suécia

Mark FOSTER Inglaterra

Simon KHAN Inglaterra

Pelle EDBERG Suécia

Simon WAKEFIELD Inglaterra

Jamie DONALDSON País de Gales

Rafa ECHENIQUE Argentina

Marcel SIEM Alemanha

Gary MURPHY Irlanda

Paul BROADHURST Inglaterra

Thomas BJÖRN Dinamarca

Marcus FRASER Austrália

Miles TUNNICLIFF Inglaterra

Michael JONZON Suécia

Paul WARING Inglaterra

Phillip ARCHER Inglaterra

Lee SLATTERY Inglaterra

Michael LORENZO-VERA França

Alejandro CAÑIZARES Espanha

Benn BARHAM Inglaterra

Robert ROCK Inglaterra

Sam LITTLE Inglaterra

Peter O'MALLEY Austrália

Shiv KAPUR Índia

Jean-Baptiste GONNET Framça

François DELAMONTAGNE França


 


JOGADORES NO TOP 40 DA CARREER MONEY LIST 2008


Barry LANE Inglaterra

Phillip PRICE País de Gales


 


VENCEDORES DE TRÊS TORNEIOS CHALLENGE TOUR EM 2008


Taco REMKES Holanda


 


JOGADORES ATÉ À 10ª POSIÇÃO NO CHALLENGE TOUR 2008


David HORSEY Inglaterra

Gary LOCKERBIE Inglaterra

Gareth MAYBIN Irlanda do Norte

Seve BENSON Inglaterra

Alessandro TADINI Itália

Richie RAMSAY Escócia

Steven O'HARA Escócia


 


JOGADORES COM EXTENSÃO MÉDICA


Joost LUITEN Holanda

Alan MCLEAN Escócia


 


JOGADORES QUALIFICADOS COM BASE NOS RESULTADOS DE 2009


Chris WOOD Inglaterra

David DRYSDALE Escócia

Fabrizio ZANOTTI Paraguai

Danny WILLETT Inglaterra

Callum MACAULAY Escócia

Andrew COLTART Escócia

Richard BLAND Inglaterra

Marc CAYEUX Zimbabué

Carlos DEL MORAL Espanha

Branden GRACE África do Sul

Klas ERIKSSON Suécia

Åke NILSSON Suécia

Marcus HIGLEY Inglaterra

Joakim HAEGGMAN Suécia

Chris DOAK Escócia

Santiago LUNA Espanha

Wil BESSELING Holanda

Inder VAN WEERELT Holanda

Bernd WIESBERGER Áustria

Wade ORMSBY Austrália

Matthew MILLAR Austrália

Stuart DAVIS Inglatrera

John E MORGAN Inglaterra

Chinnarat PHADUNGSIL Tailândia

Stuart MANLEY País de Gales

Alexandre ROCHA Brasil

Alfredo GARCIA-HEREDIA Espanha

John MELLOR Inglaterra

Anthony SNOBECK França

Eirik Tage JOHANSEN Noruega

Birgir HAFTHORSSON Islândia

Marco RUIZ Paraguai

Gary CLARK Inglaterra

Ulrich VAN DEN BERG África do Sul

Michael CURTAIN Austrália

Antti AHOKAS Finlândia

Jonathan CALDWELL Irlanda do Norte

Federico COLOMBO Itália

Henrik NYSTRÖM Suécia


 


JOGADORES ENTRE AS POSIÇÕES 119ª E 151ª NA ORDEM DE MÉRITO EUROPEIA 2008


Patrik SJÖLAND Suécia

Garry HOUSTON País de Gales

Fredrik ANDERSSON Suécia

Sam WALKER Inglaterra

Carlos RODILES Espanha

Thomas AIKEN África do Sul

Scott BARR Austrália

Iain PYMAN Inglaterra

James KAMTE África do Sul

Sion E BEBB País de Gales

Kane WEBBER Austrália

Martin WIEGELE Áustria

Peter WHITEFORD Escócia

Jan-Are LARSEN Noruega

Edoardo MOLINsARI Itália

Gareth PADDISON Nova Zelândia


 


AMADORES


José Maria JÓIA Portugal

Tiago RODRIGUES Portugal


FEATURE. J, 11 de Outubro de 2009

tags:
Joel Neto


Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974, e vive entre o coração de Lisboa e a freguesia rural da Terra Chã, na ilha Terceira. Publicou, entre outros, “O Terceiro Servo” (romance, 2000), “O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002) e “Banda Sonora Para Um Regresso a Casa” (crónicas, 2011). Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil, para além de Portugal. Jornalista de origem, trabalhou na imprensa, na televisão e na rádio, como repórter, editor, autor de conteúdos e apresentador. Hoje, dedica-se sobretudo à crónica e ao comentário, que desenvolve a par da escrita de ficção. O seu novo romance, “Os Sítios Sem Resposta”, sai em Abril de 2012, com chancela da Porto Editora. (saber mais)
pesquisar neste blog
 
arquivos
livros de ficção

"Os Sítios Sem Resposta",
ROMANCE,
Porto Editora,
2012
Saber mais


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas",
CONTOS,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui


"O Terceiro Servo"
ROMANCE,
Editorial Presença,
2002
Saber mais
Comprar aqui
outros livros

Bíblia do Golfe
DIVULGAÇÃO,
Prime Books
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Banda Sonora Para
Um Regresso a Casa
CRÓNICAS,
Porto Editora,
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Crónica de Ouro
do Futebol Português",
OBRA COLECTIVA,
Círculo de Leitores,
2008
Saber mais
Comprar aqui


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)",
CRÓNICAS,
Esfera dos Livros,
2007
Saber mais
Comprar aqui


"José Mourinho, O Vencedor",
BIOGRAFIA,
Publicações Dom Quixote,
2004
Saber mais
Comprar aqui


"Al-Jazeera, Meu Amor",
CRÓNICAS,
Editorial Prefácio
2003
Saber mais
Comprar aqui